Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2016

Confiabilidade inter e intra-examinador de testes isolados e em conjunto selecionados para testar palpação de movimento e de provocação dor de articulação sacro-ilíaca

Imagem
Inter- and intra-examiner reliability of single and composites of selected motion palpation and pain provocation tests for sacroiliac joint
*Amir Massoud Arab a,*, Iraj Abdollahi a, Mohammad Taghi Joghataei b, Zahra Golafshani c, Anoshirvan Kazemnejad d
a Department of Physical Therapy, University of Social Welfare and Rehabilitation Sciences,
Evin, Koodakyar Avenue, P.O. Box 19834, Tehran, Iran
Manual Therapy 14 (2009) 213e221
Confiabilidade inter e intra-examinador de testes isolados e em conjunto selecionados para testar palpação de movimento e de provocação dor de articulação sacro-ilíaca


A articulação sacro-ilíaca (SIJ) tem sido apontada como uma possível fonte de lombalgia e dor na região glútea. Vários tipos de ensaios de provocação e palpação do movimento são utilizados para examinar o SIJ.
Tem sido sugerido que a utilização de um conjunto de palpação do movimento ou testes de provocação é um método mais aceitável do que um único teste para avaliar SIJ.
Este estudo examinou o con…

Ciática ou Lombociatalgia quais as mais eficazes técnicas de tratamento?

Imagem
As dificuldades do estudo e da abordagem das lombalgias e lombociatalgias decorrem de vários fatores, dentre os quais, podem ser mencionados a inexistência de uma fidedigna correlação entre os achados clínicos e os de imagem; ser o segmento lombar inervado por uma difusa e entrelaçada rede de nervos, tornando difícil determinar com precisão o local de origem da dor, exceto nos acometimentos radículo-medulares; pelo fato das contraturas musculares, freqüentes e dolorosas, não se acompanharem de lesão histológica demonstrável; e, por serem raramente cirúrgicas, há escassas e inadequadas informações quanto aos achados anatômicos e histológicos das estruturas possivelmente comprometidas, o que torna difícil a interpretação do fenômeno doloroso. Tais fatos fazem da caracterização etiológica da síndrome dolorosa lombar um processo eminentemente clínico, onde os exames complementares devem ser solicitados apenas para confirmação da hipótese diagnóstica.
As lombalgias, lombociatalgias …

Padrão de movimento do osso ilíaco, rotação e e amplitude de movimento em indivíduos com dor lombar de origem iliosacra

Imagem
Innominate movement patterns, rotation trends and range of motion in individuals with low back pain of sacroiliac joint origin
Divya Bharatkumar Adhia a, b, *, Stephan Milosavljevic b, 1, Steve Tumilty b, Melanie D. Bussey a, * Access
Adhia DB, et al., Innominate movement patterns, rotation trends and range of motion in individuals with low back pain of sacroiliac joint origin, Manual Therapy (2015), http://dx.doi.org/10.1016/j.math.2015.06.004

Antecedentes: anomalias de mobilidade do osso ilíaco ou inonimado, que pode resultar em dor lombar (LBP) de origem sacroilíaca (SIJ) (SIJ-positivo), tem sido sempre um tema de discórdia, devido à dificuldade na sua avaliação. Uma técnica recente da eletromagnética palpação-digitalização tem sido capaz de quantificar com precisão a cinemática do ilíaco em indivíduos saudáveis.

Objetivos: O objetivo deste estudo é determinar se os participantes com lombalgia de origem SIJ (SIJ-positivo) demonstram significativamente diferentes cinemática inominada …

Manipulação lombopélvica na Síndrome da Dor Patelo Femoral

Uma das desordens musculoesqueléticas mais frequentes que acometem a articulação do joelho é a síndrome da dor patelofemoral (SDPF). Sua incidência é maior em populações fisicamente ativas como adfolescentes, adultos jovens e atletas, ocorrendo com maior frequência entre as mulheres em função da largura da pelve, anterversão femoral, ângulo Q, torção tibial, força do quadríceps e lassidão ligamentar do joelho.
A etiologia da SDPF ainda é incerta, sendo a causa mais comum o mau posicionamento da patela. Entre outros fatores citados na literatura, estão o aumento do ângulo Q, a insuficiência do vasto medial oblíquo e a fraca ativação das fibras posteriores do glúteo médio. Além disso, há destaque para a pronação excessiva da articulação subtalar, levando a compensações biomecânicas que sobrecarregam a articulação do joelho.
A dor pode ser considerada como uma resposta fisiológica normal, predita e decorrente de um estímulo mecânico, térmico ou químico. A dor é o principal sintoma apresent…