Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015
Effectiveness of direct vs indirect technique myofascial release in the management of tension- type headache M.S. Ajimsha, MPT (Neuro), ADMFT, PhD (Physiotherapy) a,b,* a Myofascial Therapy and Research Foundation, India b School of Physiotherapy, AIMST University, 08100 Bedong, Kedah, Malaysia
Received 27 July 2010; received in revised form 18 January 2011; accepted 18 January 2011
Resumo: Cefaléia do tipo tensional (CTT) é essencialmente definida como cefaléia bilateral de uma qualidade de prensagem ou aperto sem causa médica conhecida. Liberação miofascial (MFR) está atualmente a ser aplicada para os pacientes com cefaléia do tipo tensional, mas a sua eficácia não foi formalmente avaliada.
Objetivo: investigar se a técnica direta liberação miofascial (DT-MFR) reduz a freqüência de dor de cabeça de forma mais eficaz do que a técnica indireta liberação miofascial (MFR IDT-) em comparação com um grupo controle recebendo carícias suaves lento.
Desenho: Estudo randomizado, controlado, mo…

Lombalgia em pacientes obesos - como a Osteopatia pode ajudar?

Man Ther. 2012 Oct;17(5):451-5. doi: 10.1016/j.math.2012.05.002. Epub 2012 May 31. Osteopathic manipulative treatment in obese patients with chronic low back pain: a pilot study. Vismara L1, Cimolin V, Menegoni F, Zaina F, Galli M, Negrini S, Villa V, Capodaglio P.


A obesidade tem sido considerada um dos mais graves problemas de saúde pública da atualidade. A prevalência do excesso de peso representa uma séria preocupação, como fator de risco para o desenvolvimento de doenças crônico-de- generativas e outras enfermidades. 
Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 1 bilhão de adultos apresentam excesso de peso, e desses, pelo menos, 300 milhões são obesos. 
No Brasil, dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares, realizada entre 2002 e 2003, mostraram que 40,6% da população total de adultos apresentaram sobrepeso, sendo 11% considerados obesos, com prevalência maior entre as mulheres. 
Nas últimas décadas, os casos de sobrepeso e obesidade têm aumentado de for- ma pre…
Folia Morphol (Warsz). 2015;74(2):236-44. doi: 10.5603/FM.2015.0037. The abducens nerve: its topography and anatomical variations in intracranial course with clinical commentary. Wysiadecki GOrkisz SGałązkiewicz-Stolarczyk MBrzeziński PPolguj M1, Topol M.

O sexto nervo craniano (NC VI) - ou o nervo abducente - em humanos fornece apenas o músculo reto lateral. Devido às suas condições topográficas, incluindo angulações e pontos de fixação ao longo de seu curso a partir do tronco cerebral para o músculo reto lateral, o CN VI é vulnerável a lesões. Todos os casos de CN VI paralisia requer diagnósticos precisos, o que é facilitado por uma compreensão da anatomia.
OBJETIVO: Objetivos do atual artigo incluem um estudo detalhado do curso intracraniana da NC VI, a determinação de ocorrência de suas variações anatômicas específicas, bem como apresentação de algumas condições anatômicas essenciais que podem conduzem à paralisia CN VI. Ênfase especial foi colocada sobre a correlação entre a…

Mobilizações da coluna X Excitação Simpática

Man Ther. 2014 Aug;19(4):281-7. doi: 10.1016/j.math.2014.04.004. Epub 2014 Apr 13. The effects of spinal mobilizations on the sympathetic nervous system: a systematic review. Kingston L1, Claydon L2, Tumilty S2. Author information
1Centre for Physiotherapy Research, University of Otago, 325 Great King Street, Dunedin 9016, New Zealand. Electronic address: Kingston_laura@hotmail.com. 2Centre for Physiotherapy Research, University of Otago, 325 Great King Street, Dunedin 9016, New Zealand



A atividade do sistema nervoso simpático é de importância para os terapeutas manuais, uma vez que a experiência de dor está associada com a actividade simpática.
Muitos estudos analisaram os efeitos da manipulações vertebrais e as alterações geradas no sistema nervoso autônomo. Porém, a ciência atual pouco explorou sobre os efeitos das mobilizações de segmentos vertebrais e sua relação com o sistema nervoso autônomo. 
Em textos anteriores, falamos sobre as revisões sistemáticas e como são feitas - que é o dese…