Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

E a disfunção somática? Existe mesmo?

         O nosso texto dessa semana fala sobre as relações dos problemas gastrointestinais com a presença de disfunções somáticas – o que buscamos em nossa avaliação para determinar o nível a ser tratado.          Algumas escolas determinam a disfunção somática por meio das leis de Fryette e outras escolas por meio da avaliação denominada TART.          As leis de Fryette são padrões biomecânicos vertebrais, descritos posteriormente por Kapandji, que determinam facilidades e padrões de movimento vertebrais e suas possíveis restrições tridimensionais, restrições estas que foram descritas pelo Dr Still quando falava a respeito das disfunções de mobilidade tridimensionais dos elementos corporais.          Uma outra maneira de avaliar e determinar a disfunção somática é por meio do TART. TART é uma sigla que quer dizer Tenderness, Assimetry, Restricted motions and Tissue Texture Changes e traduzindo temos: densidade tecidual (tenderness é uma palavra que se traduz por ternura

Manipulação manual cervical e instrumento aplicado para dor Mecânica do pescoço: um estudo randomizado controlado

Imagem
Manipulação manual cervical e instrumento aplicado para dor Mecânica do pescoço: um estudo randomizado controlado Lindsay M. Gorrell, MChiro, MRes, PhD, a Kenneth Beath b and Roger M. Engel, DO, DC, PhD c Journal of Manipulative and Physiological Therapeutics Cervical Manipulation for Neck Pain June 2016   Objetivo O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos de 2 diferentes técnicas de manipulação da cervical para dor mecânica cervical (MNP). Métodos Os participantes com MNP uma duração mínima de 1 mês (n = 65) foram distribuídos aleatoriamente em 3 grupos: (1) de alongamento (controle), (2) alongamento mais manipulação manual (MAM), e (3) alongamento mais instrumento de manipulação (IAM). MAM consistiu de um simples de alta velocidade, baixa amplitude manipulação quiroprática cervical, enquanto que IAM envolveu a aplicação de uma única manipulação cervical usando um (Activador IV) instrumento. Foram tomadas todas as medidas Pre intervenção e medidas pós-

INTERDEPENDÊNCIA REGIONAL

Texto do colaborador Pablo Santurbano. http://cursofba.com Nossos agradecimentos antecipados!!! Interdependência regional Em 2013 foi publicada uma revisão de literatura a fim de discutir um tema muito revisitado na Fisioterapia: será que uma região do corpo pode afetar outra? O estudo que será o foco dessa análise foi publicado num periódico que, cá entre nós, não é dos melhores (Q2 no SJR [i] ), mas é indexado, revisado por pares e tudo mais. Particularmente, considero este estudo importante pelo fato de ter reunido muitos artigos sobre o assunto, compilando uma série de informações úteis para a prática clínica. Sueki DG, Cleland JA, Wainner RS. A regional interdependence model of musculoskeletal dysfunction: research, mechanisms, and clinical implications. J Man Manip Ther. 2013 May;21(2):90-102. Quem se interessar pode baixar o full grátis! :) http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3649356/ Propósito central da revisão Refinar a definição ope